Até quando?

É com imensa tristeza que recebemos ontem a notícia de que um dos palestrantes do TEDxAmazônia, Zé Claudio Ribeiro, foi assassinado junto com sua esposa, Maria do Espirito Santo, quando voltava para casa, no Asssentamento Agroextrativista Praia Alta Piranheira, em Nova Ipixuna, no sul do Pará.

José Claudio Ribeiro era castanheiro e vivia da extração de castanhas e outras frutas na floresta.
O lugar onde morava é protegido por lei e o corte de árvores, ilegal e assim, Zé Claudio negava-se a negociar as árvores com os madereiros da região.
A pressão era grande, muita gente já tinha abandonado o assentamento e vendido, ilegalmente, as terras, mas Zé Claudio denunciava os crimes e, por isso, as ameaças eram constantes.

Sua palestra no TEDxAmazônia conta exatamente essa história, sendo que num trecho, ele diz: “A mesma coisa que fizeram no Acre com Chico Mendes, querem fazer comigo”. E fizeram.

Se você ainda não viu, vale a pena conferir a palestra:

Indignação.
Esse é o sentimento diante de uma tragédia como essa.
Até quando assassinos calarão as pessoas de bem que resolvem lutar pela causa do desmatamento de nossas florestas?

Chico Mendes, Irmã Dorothy e agora o Zé Claudio, divulguem a notícia para que não passe despercebida.

Confira o que já foi postado no blog sobre o TEDxAmazônia.

Fonte: Equipe TEDxAmazônia

Deixe uma resposta