Visita 04 – CERET

Seguindo com as visitas, como apresentado no post Conhecendo os Parques de São Paulo,  hoje é a vez do CERET – Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador.

Situado na zona leste de São Paulo, no bairro do Tatuapé, o CERET, apesar de não ser considerado oficialmente um parque e sim um centro esportivo, acaba desempenhando esse papel por ter uma estrutura de lazer muito bem organizada.

O espaço, que conta com uma área total de 286 mil m², passou ao comando da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação em maio de 2008. Antes, a área era uma reserva de mata atlântica com 750 mil m², formada por árvores das mais variadas espécies, conhecida por Mata Paula Souza. Já a inauguração do Centro do Trabalhador, nos padrões atuais, aconteceu em 25 de janeiro de 1975.

Esporte

O ponto forte do espaço é, sem dúvida, a prática esportiva e desde cedo é possível ver várias pessoas caminhando e correndo pelas pistas de 400, 1.600 e 2.200 m de extensão.

 

pista de corrida e caminhada | imagem: arquivo pessoal
piscina com capacidade para 5,5 milhões de litros de água | imagem: arquivo pessoal

A piscina, de 100 x 50 m, está entre as maiores da América Latina e pode ser utilizada por todos, inclusive pelos que não moram na região.

Além do balneário com 4 piscinas e as pistas de caminhada/corrida e atletismo, o CERET também oferece opções de esporte para todas as idades, contando com:

  • 3 campos de futebol;
  • 4 quadras de vôlei;
  • 2 quadras de basquete;
  • 3 quadras poliesportivas;
  • 1 quadra de vôlei de praia;
  • 6 quadras de tênis, sendo 2 de saibro;
  • 1 campo de rugby;
  • 3 salas de ginástica;
  • 1 ginásio poliesportivo;
  • 2 canchas de bocha.

E o público da terceira idade ainda pode usufruir de:

  • Salão de jogos para idosos;
  • Bosque de leitura para idosos;
  • Academia ao ar livre para terceira idade.

 

quadras de basquete ao ar livre | imagem: arquivo pessoal
quadra de tênis de saibro | imagem: arquivo pessoal

O parque possui algumas restrições que nem sempre são muito bem vistas pelo público, pois não é permitida a entrada de animais domésticos e skates e bicicletas só são liberados para crianças de até 10 anos. Mas os cãezinhos podem usufruir do Espaço PET, uma área criada para que eles possam correr e brincar sem comprometer a segurança dos demais usuários, com entrada pelo portão 6.

Já as crianças podem brincar bem à vontade e com segurança com seus patins, bicicletas, patinetes e skates em uma pista reservada a elas.

 

espaço para bikes, skates e patinetes infantis | imagem: arquivo pessoal

Inclusão

Mas o que mais me chamou atenção no parque foi o playground inclusivo, que junto aos demais brinquedos permite que todas as crianças, com deficiência ou não, possam interagir juntas, com autonomia e segurança.

 

placa de sinalização do playground inclusivo | imagem: arquivo pessoal
balanço adaptado | imagem: arquivo pessoal
playground criança cadeirante | imagem: arquivo pessoal

E se você gosta de tomar um lanche durante os passeios, melhor levar de casa já que não é permitido o comércio dentro do parque, apenas nas suas imediações. O estacionamento para veículos é gratuito e fica junto à entrada da Rua Canuto Abreu.

Maiores informações
Endereço: Rua Canuto de Abreu, s/n
Subprefeitura Aricanduva
Horário de funcionamento: segunda à sexta das 6:00 às 22:00h e sábados, domingos e feriados das 6:00 às 18:00h
Fone: (11) 2671-8788

Deixe uma resposta