Telhados verdes em Curitiba

Curitiba está entre as cidades que estão se movimentando para contribuir com um crescimento urbano mais sustentável e uma das ações é incentivar, ou até mesmo obrigar, a implantação de telhados verdes em suas edificações.

A capital do Paraná almeja agora ter todos os seus novos edifícios com telhados verdes e isso pode acontecer graças a um novo Projeto de Lei (PL) que prevê esta medida como condição necessária para a aprovação dos empreendimentos.

Inspirada em um PL que já existe em São Paulo, a medida apresentada pelo vereador Professor Galdino (PSDB) pretende reduzir a poluição do ar, as ilhas de calor e facilitar a drenagem da água da chuva, ajudando a evitar inundações, além de oferecer conforto térmico e isolamento acústico aos moradores dos prédios.

O projeto, que já foi aprovado pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação, é válido para os empreendimentos residenciais ou comerciais que possuam mais de três unidades agrupadas verticalmente.
Ele define ainda que a vegetação usada na cobertura deve ser, preferencialmente, nativa e exigir pouca quantidade de água, para que não sirva de habitat a mosquitos como o Aedes aegypti, transmissor da dengue.

Para virar lei, o projeto ainda precisa ser votado plenário da Câmara Municipal de Curitiba e ser sancionado pelo prefeito da cidade, Gustavo Fruet (PDT).

Vamos todos torcer para que iniciativas como essa tornem-se logo exigências na aprovação dos novos empreendimentos e que também hajam incentivos aos proprietário de imóveis antigos que queiram implantar os telhados verdes em seus edifícios.

Por onde começar?

Implantar o telhado verde em uma cobertura já existente ou em construção é bem mais simples do que parece e hoje existem técnicas muito eficientes e seguras do sistema.
Confira aqui algumas informações importantes e saiba como contratar os serviços em sua residência, ambiente comercial ou corporativo.

Fonte: PINI Web

Deixe uma resposta