Item 6 na Expoflora 2015

É com muito orgulho e satisfação que mostrarei aqui a vocês o resultado de mais um trabalho incrível, fruto de muito empenho e dedicação da nossa arquiteta e paisagista Camila Simhon, profissional que não sabe trabalhar de outra forma, a não ser empregando muito amor e conhecimento em tudo que faz.

“No Quintal” foi um espaço especialmente criado para a Mostra de Paisagismo e Jardinagem da Expoflora, a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina.

Esse é o quintal da casa, um cantinho de descanso, lazer e contemplação, onde é possível relaxar, receber os amigos, respirar ar puro, tomar sol, sentir a brisa e o vento, ouvir a chuva, cultivar alimentos, cuidar do verde, sentir os aromas… A ideia principal foi aliar estética e funcionalidade ao espaço, procurando aproveitar ao máximo cada elemento proposto, de modo que os usuários e visitantes pudessem interagir de várias maneiras com o ambiente.

 

vista geral do espaço “no quintal” | imagem: arquivo pessoal

Horta em mandala

Considerada um dos sistemas de agricultura mais produtivos, esse tipo de horta apresenta vários diferenciais, pois trabalha com a diversidade de plantas, aproveita melhor o espaço, usa apenas fertilizantes orgânicos, poupa o solo e ainda economiza água.

 

horta em forma de mandala, que oferece inúmeras vantagens | imagem: arquivo pessoal

A Item 6 trabalha com a linha orgânica e funcional de paisagismo, onde todos os elementos desempenham, em um mesmo espaço, tanto papéis estéticos como funcionais.

Muro com grafite

Paisagismo e arte urbana formaram uma bela parceria nessa área externa.
Criado pelo artista plástico Eve14, o grafite no muro de tijolinhos retratou a saíra-sete-cores (Tangara seledon), um pequeno pássaro com colorido único, e que, através da arte, pode ser apreciado por todos e ainda fazer parte de ambientes internos e externos.

 

detalhe do muro grafitado para a mostra | imagem: arquivo pessoal

Lembrando que os pássaros, quando atraídos para áreas verdes como os jardins residenciais, desempenham um importante papel na proliferação da flora, mas que graças ao crescimento urbano, estão cada vez mais distantes e raros de serem apreciados.

O Pomar

Composto por três árvores frutíferas nativas, a Pitangueira (Eugenia uniflora L.), a Cerejeira-do-rio-grande (Eugenia involucrata), originárias da Mata Atlântica e o Abieiro (Pouteria caimito), oriundo da Amazônia central, o pomar, assim como a horta em mandala, é um espaço de produção de alimentos e ainda funciona como atrativo aos pássaros, graças aos frutos ali produzidos.

 

vista do pomar com horta ao fundo | imagem: arquivo pessoal

Ele foi plantado em vasos grandes de concreto pintados na cor laranja, mostrando que também podem compor áreas com restrição de espaço.

Armazenamento de água de chuva

A Aquastock, empresa parceira especializada no aproveitamento de água de chuva, instalou no espaço o Kit Stabilix, que tem como função a captação de águas pluviais em áreas com até 80 m².

A água captada pelo sistema pode ser utilizada na irrigação de plantas, limpeza de áreas externas, lavagem de veículos e também para complementar a água de piscinas.

 

tanque para armazenamento de água de chuva | imagem: arquivo pessoal

Por utilizar apenas a gravidade, não necessita conexão com a rede hidráulica ou elétrica, sendo sua instalação muito rápida e simples, feita diretamente na tubulação externa de descida pluvial.

Jardim vertical

Composto por samambaias diversas e fixados em dois painéis de elementos vazados de concreto, esses jardins verticais, também conhecidos como muro verde e painel vivo, ilustraram muito bem uma das várias possibilidades de seu emprego, tanto em ambientes internos como externos.

 

jardim vertical com folhagens | imagem: marlene marques

Esse tipo de jardim agrega não apenas as vantagens estéticas aonde forem implantados, eles também contribuem consideravelmente para o conforto termo-acústico, no controle da poluição urbana, entre outros diferenciais, podendo inclusive servir como hortas verticais.

Um espaço acolhedor e multifuncional

Árvores frutíferas, plantas medicinais, flores comestíveis, hortaliças e outras espécies compõem o equilíbrio contagiante do espaço, projetado justamente para proporcionar experiências sensoriais diversas.

 

elementos que ativam a sensibilidade dos usuários | imagem: arquivo pessoal

Desde o piso em pedras arredondadas, que convida o visitante à caminhada, até o aroma das lavandas junto à entrada, o cantinho lúdico do balanço de madeira, o colorido das flores e dos pufes, tudo foi pensado com muito carinho e cuidado para que tocasse o visitante de alguma forma.

Escolhas sustentáveis

A acessibilidade não foi deixada de lado nesse espaço, mostrando que mesmo áreas de jardins podem receber pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, basta que alguns ajustes sejam feitos.

Além do sistema para captação e armazenamento de água de chuva, da horta em mandala, do jardim vertical, contamos com a Arte Urbana Marcenaria para executar o projeto da mesa de centro e do balanço, ambos em madeira de demolição.

Já o aparador e o banco em madeira foram confeccionados pela Natural Wood, que tem como proposta a intervenção orgânica de seus objetos aos ambientes internos e externos, com 100% de sua matéria prima sendo de origem controlada.

O deck modular, que contribuiu com o conceito rústico do local, foi feito em madeira pinus (Pinus taeda), oriunda de reflorestamento e fornecido pela TW Brazil, empresa especializada em madeira tratada e que também comercializa outros itens, como telhas, madeiras engenheiradas, estruturas, revestimentos, entre outros.

Já as cruzetas em madeira de demolição que delimitam o caminho logo na entrada principal do espaço, foram fornecidas pelo Empório dos Dormentes, que também trabalha com uma belíssima linha de mobiliário para áreas internas e externas, pergolados, cercas, portões, itens de decoração, além de dormentes e vigas lavradas.

Agradecimentos

A Item 6 aproveita a oportunidade para agradecer imensamente a todos os fornecedores que colaboraram conosco para que o espaço “No Quintal” saísse do papel e ganhasse forma, mas uma parceria em especial foi fundamental, a da Adriana Godinho Paisagismo, Eventos e Produções, que cuidou com muito carinho, atenção e responsabilidade do fornecimento da vegetação, flores e insumos, além da execução do projeto paisagístico proposto.

Não podemos esquecer também da consultoria do engenheiro agrônomo Diogo Pauline Barbosa, que nos orientou com seus conhecimentos em agricultura orgânica para a horta em mandala e ainda nos forneceu as hortaliças orgânicas, os bambus e toda sua reposição.

Um obrigada especial também à sempre querida Ananda Apple, que divulgou o nosso espaço com muito respeito e carinho pelo nosso trabalho!

Somos gratos também à Vasos Vogue, Cristiane Rodrigues Pedras Decorativas, Villa Rattan, Trees, Base Agro e Componente e Arte, seus produtos e serviços agregaram muito ao espaço e nos proporcionaram chegar a esse resultado tão gratificante!

Sobre a Expoflora 2015

O evento acontece em Holambra, antiga colônia holandesa situada na região de Campinas, interior de São Paulo e que abriga os principais produtores de flores e plantas ornamentais do Brasil.

Começa no dia 28/08 e vai até 27/09/2015, sempre às sextas, sábados e domingos, das 9:00 às 19:00 h.

Para maiores informações, acesse o site da mostra.

2 comentários em “Item 6 na Expoflora 2015

  1. Parabéns, Karla e Camila!
    Trabalho brilhante, muito profissional, bonito e funcional.
    A Item 6, sempre demonstrou profissionalismo e profundo conhecimento no que faz, nada mais justo do que ser convidadas a participarem da EXPOFLORA 2015.
    É muito bom saber que existem profissionais como vocês preocupadas com o Meio Ambiente e desenvolver produtos sustentáveis, mas ao mesmo tempo, não abrindo mão da beleza e funcionalidades nos seus Projetos.
    Mais uma vez, parabéns e continuem sempre neste caminho.
    Abraços
    André Ohl

Deixe uma resposta