Tijolo solo-cimento

Também conhecido como tijolo ecológico, o tijolo solo-cimento vem ganhando espaço nas construções que buscam minimizar seus impactos ambientais, além de muitas outras vantagens.

Ele é basicamente composto por terra e cimento, dispensando a queima (altamente danosa ao meio ambiente) em seu processo de fabricação, onde ele é compactado a frio em prensas que garantem peças uniformes de ótima qualidade.

 

tipos de tijolos mais utilizados | imagem: tijolo.eco

O solo-cimento nada mais é que uma evolução de materiais de construção do passado, como o adobe e a taipa, que trouxe de volta todas as suas vantagens construtivas já esquecidas no mundo moderno. A principal evolução foi o emprego do cimento no lugar das colas naturais, de características muito variáveis.

Além disso esses tijolos permitem uma economia significativa durante a obra, confira alguns diferenciais em comparação aos tijolos convencionais:

  • Rapidez: por seus encaixes nas peças, que podem acelerar o processo construtivo em até 50%;
  • Economia em materiais: podem reduzir em até 70% o uso de concreto, em 50% o de ferro e até 100% o de argamassa, já que o uso desse material pode ser dispensado;
  • Organização: obra mais limpa e livre de entulhos, já que esses tijolos, quando pré-modulados em projeto, evitam cortes desnecessários;
  • Durabilidade: o tijolo solo-cimento chega a ser 6 vezes mais resistente que um tijolo comum;
  • Isolamento acústico: graças aos furos existentes em cada peça, uma parede construída com esses materiais passa a ter um colchão de ar em seu interior, que minimiza a propagação do som;
  • Isolamento térmico: no calor, o mesmo colchão de ar que evita a propagação do som, também barra o ar quente de fora para dentro das edificações, mantendo a temperatura interna mais fresca que a externa. Já no inverno, ocorre o contrário, o colchão de ar retém o calor interno dentro da edificação;
  • Instalações elétricas e hidráulicas:  toda a tubulação pode ser embutida nos furos das peças, evitando cortes desnecessários durante a obra, como nas instalações convencionais.

Visita à uma fabrica

Em abril de 2012, eu, a minha sócia e um casal de clientes, visitamos uma fábrica desses tijolos, para conhecer melhor e de perto todos os seus diferenciais, além de todo processo de fabricação.
Infelizmente, a empresa, localizada na região de Valinhos – SP, fechou, mas o mercado para esses materiais vem crescendo com muita força e hoje podemos encontrar outras pequenas fábricas como essa na Grande São Paulo e em várias regiões do país, confira algumas imagens da visita:

Os tijolos são confeccionados artesanalmente e prensados um a um em um equipamento que garante a qualidade e uniformidade das peças.

 

prensa utilizada na compactação dos tijolos solo-ciimento | imagem: arquivo pessoal

Saindo da prensa eles são dispostos lado a lado no chão e em seguida cobertos com uma lona.

 

tijolos logo após serem prensados | imagem: arquivo pessoal

Em seguida, eles são levados para a área externa da fábrica para a sua cura e após sete dias já podem ser comercializados.

 

tijolos empilhados em área externa para secagem | imagem: arquivo pessoal

Modulação

Os tijolos solo-cimento são apresentados em formatos diferenciados (inteiro, meio tijolo, canaleta e maciço), conforme as necessidades construtivas, e podem ser aplicados tanto na vedação de paredes como estruturalmente.

Uma das vantagens desse material está em sua modulação, que permite construções mais rápidas, práticas, limpas e com menos desperdício de materiais, quando implantado desde o projeto arquitetônico.

As dimensões variam de uma fábrica para outra, mas no geral, ficam em torno de 30 x 15 x 7,5 cm.  Sua coloração terracota também pode variar de acordo com o solo de cada região, mas algumas empresas utilizam corantes naturais para oferecer novas opções de cores.

Lembrando que devemos sempre optar por materiais que, além de ambientalmente corretos, também estejam próximos ao local de fornecimento, de modo a minimizar os impactos ambientais ocasionados por seu transporte.

E caso precise de maiores orientações no emprego de tijolos solo-cimento em seu projeto arquitetônico, entre em contato conosco.

2 comentários em “Tijolo solo-cimento

  1. Olá,

    Peço licença para divulgar o blog de minha obra com fotos e detalhes de todo o processo construtivo utilizando tijolo solo-cimento (tijolo ecológico).

    Como proprietário da obra, tenho interesse apenas em divulgar esse método e fortalecer a massa crítica em torno do assunto.

    Fica o convite para quem quiser saber mais sobre construção com tijolo solo-cimento e ver como funciona isso na prática.

    http://www.tijolosolocimento.com.br

    Obrigado.

Deixe uma resposta