Emissário Submarino de Santos

Oficialmente chamado Parque Municipal Roberto Mário Santini, o Emissário Submarino que conhecemos hoje, foi aberto ao público em 2010 e conta com uma área de 43 mil m² de lazer. Mas quando foi inaugurado, em 1978, com a presença do então presidente da República, general Ernesto Geisel, desempenhava uma importante função sanitária na cidade de Santos, litoral de São Paulo.

O sistema de tratamento de esgoto do Emissário Submarino atende as cidades de Santos e São Vicente, inicia-se na praia do José Menino, ao lado da Ilha Urubuqueçaba e se estende cerca de 3.900 m mar adentro, com capacidade para atender a uma população de 2 milhões de habitantes a uma vazão de 7 mil litros de esgoto por segundo. Já o Interceptor, construído sob a faixa de areia, possui 4.900 m de extensão, está instalado numa profundidade que varia de 2 a 4 m e sua função é recolher as águas dos canais de drenagem.

canteiro de obras do emissário | imagem: arquivo sabesp
canteiro de obras do emissário | imagem: arquivo sabesp

Hoje, o Emissário Submarino, como é mais conhecido por moradores e turistas, é uma importante opção de lazer na região, pois além da paisagem e vistas incríveis, oferece estrutura esportiva para todas as idades, como pista de cooper, ciclovia, playground, pista de skate (projetada para competições internacionais), equipamentos de ginástica ao ar livre, gibiteca, sanitários, bicicletário, além de áreas verdes e um heliponto. Aliás, o projeto urbanístico As Onde de Santos 21, que engloba todo o complexo, é assinado pelo renomado arquiteto Ruy Ohtake.

Mas o que mais chama a atenção no parque é, sem sombra de dúvida, a belíssima escultura da artista plástica Tomie Ohtake, inaugurada durante as comemorações ao centenário da imigração japonesa. Delicada, mesmo com seus 15 m de altura, a obra representa a bandeira do Japão e emoldura a vista para o mar.

escultura da artista plástica tomie ohtake | imagem: arquivo pessoal
escultura da artista plástica tomie ohtake | imagem: arquivo pessoal

 

guarda-corpo da arquibancada nos padrões das muretas da cidade | imagem: arquivo pessoal
guarda-corpo da arquibancada nos padrões das muretas da cidade | imagem: arquivo pessoal

A área também conta com o Museu do Surfe e espaço projetado para abrigar competições, com torre de jurados e arquibancada com capacidade para 600 pessoas, junto ao quebra-mar. O guarda-corpo em aço inox, segue o mesmo desenho das famosas muretas da cidade e oferece segurança com design aos usuários da arquibancada.

Fonte: Prefeitura de Santos

 

Deixe uma resposta