O que pode ser reciclado?

reciclagem

Muitas pessoas (inclusive eu) ainda têm dúvidas na hora de separar o lixo, sem ter certeza do que pode e do que não pode ser reciclado.

E nessa época de grande consumo, onde as embalagens estão mais presentes em nosso cotidiano, precisamos mesmo prestar atenção ao separar corretamente todos os materiais, mas o mais importante mesmo ainda é evitar esse acúmulo!

E foi por esse motivo que resolvi postar aqui  alguns desses itens que mais geram dúvidas, separados por categorias, confira:

  • PAPÉIS
    Podem ser reciclados:
    jornais, revistas e impressos em geral, papelão, embalagens longa vida, embalagens de ovos, entre outros;
    Não podem ser reciclados: papel higiênico, papel carbono, papel plastificado, fitas ou etiquetas adesivas, papel de alumínio, papéis revestidos com algum tipo de parafina ou silicone, papel fotográfico, papéis sujos, engordurados ou contaminados com alguma substância nociva à saúde, entre outros.
  • METAIS
    Podem ser reciclados:
    latas, tampas de vidros em geral, arames, grampos, fios elétricos, pregos e parafusos, marmitex, embalagens de creme dental, alumínio, cobre, panelas sem cabo, entre outros;
    Não podem ser reciclados: latas enferrujadas, esponjas de aço, filtros de ar para veículos, pilhas convencionais ou alcalinas, clipes, latas de tintas, entre outros.
  • PLÁSTICOS
    Podem ser reciclados:
    potes de todos os tipos, embalagens, tampas e sacos em geral, brinquedos, CDs, entre outros;
    Não podem ser reciclados:
    celofane, embalagens a vácuo, espuma, fraldas descartáveis, cabos de panelas, embalagens de biscoitos, roupas de nylon e poliéster, entre outros.
  • VIDROS
    Podem ser reciclados:
    garrafas, embalagens de produtos alimentícios, remédios, perfumes, produtos de limpeza, todos os cacos dos itens citados, vidros coloridos, entre outros;
    Não podem ser reciclados: espelhos, vidros automotivos, tubos de televisão e válvulas, ampolas de medicamentos, cristal, vidros temperados planos ou pirex, porcelana e cerâmica, entre outros.

Lembrando que itens como isopor, pneus, eletrônicos, lâmpadas, pilhas, baterias, resíduos de obra e gesso, precisam ser encaminhados a locais específicos para serem corretamente reciclados.

Confira o que já foi postado no blog sobre reciclagem.

Deixe uma resposta