Hotel de luxo com fachada LED

Foi inaugurado este mês, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o  badalado Yas Hotel.

Além de todo o glamour em torno de seus 85 mil m², o empreendimento, projetado pelo escritório Asymptote Architecture, também deu a sua contribuição para o meio ambiente, optando por lâmpadas LEDs para a iluminação da fachada.

iluminação da fachada | imagem: pini web
iluminação da fachada | imagem: pini web
cobertura iluminada | imagem: pini web
cobertura iluminada | imagem: pini web

Foram usados mais de 5 mil LEDs, fixados em uma estrutura de aço com placas de vidro em formato de diamante, e que reproduzem diferentes sequências de cores e até pequenos vídeos.

Para os que assistiram ao último GP de Abu Dhabi, o Yas Hotel é aquele que possui um edifício em cada lado da pista do autódromo, cruzando a passagem dos carros.

Além dos 500 quartos, o empreendimento possui 14 restaurantes, salas de estar, salas de tratamento, academia e espaços para a administração, além de piscinas no telhado.

Outro ponto de vista

Os grandes empreendimentos imobiliários no Oriente Médio, principalmente os de Dubai, costumam ser os maiores exemplos de como uma arquitetura sustentável NÃO deve ser.

Isso porque eles simplesmente ignoram e desprezam todo o contexto social e ambiental de onde são implantados, impulsionados pela ambundante, porém esgotável, fonte de petróleo da região.

Claro que as construções geram empregos, atraindo mão-de-obra (especializada ou não) de todo os cantos do mundo, mas isso não resolve os inúmeros problemas sociais que o país enfrenta, inclusive com a escassez de água doce.

Será que o mundo não percebe que aquele é um cenário forçado? Um oasis artificial que vai contra todas as características naturais existentes? E que quando o petróleo e o gás natural acabarem (pois isso um dia acontecerá) e a economia da região entrar em colapso, tudo aquilo fatalmente deixará de existir.

Confira a  imagem a seguir, que mostra a Dubai dos anos 60 e compare com a atual, onde as intervenções e todos os impactos gerados contrastam com um cenário originalmente desértico.

dubai nos anos 60 | imagem: wikipedia
dubai nos anos 60 | imagem: wikipedia
marina artificial de dubai | imagem: wikipedia
marina artificial de dubai | imagem: wikipedia
Posted on: 12/10/2009, by : Karla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *