Transtorno na Etna

cadeira liatris | imagem: etna

Sábado passado fizemos um típico passeio paulistano: procurar por móveis em uma grande loja lotada na cidade.

Precisava comprar uma cadeira para o meu home office e fomos até à Etna da Av. Berrini.

Além de ser bem do jeito que procurava, o preço estava ótimo, e por isso enfrentar a fila quilométrica era mesmo inevitável após tanto andar por todo o circuito da loja.

A surpresa foi quando chegamos em casa, e mesmo depois de esperar num lugar cheio de gente chamado estranhamente de “retira”, descobrimos que a cadeira veio com quatro braços e sem o kit de fixação para a base e pé.

Nenhum manual de instrução acompanhava o produto e a sua apresentação deixou mesmo a desejar.

Conclusão, tivemos que voltar na loja no domingo para devolver os dois braços e montar a parte de baixo da cadeira, é mole?

No fim das contas valeu a pena pela promoção, mas a loja não tem estrutura para atender paulistanos enlouquecidos de sábado à tarde.

Deixe uma resposta