Tijolo solo-cimento em GO

As obras do Centro Desportivo das Faculdades e Colégio IESGO, na cidade de Formosa – GO, é um exemplo de como é possível minimizar os impactos ambientais em uma construção.

Com o objetivo de diminuir o número de viagens de caminhão no canteiro de obra, foi adotado o processo de fabricação de tijolos solo-cimento a partir da terra retirada para construção da piscina.

fabricação do tijolo solo-cimento | imagem: sustentabilidade e acessibilidade

Para a construção de uma piscina semi-olímpica, nas dimensões de 25 x 13 x 1.70 m, são retiradas 552 m³ de terra, que equivalem à 92 viagens de caminhão tipo caçamba.

Esses tijolos serão inicialmente utilizados nas paredes leste-oeste do ginásio, cobrindo uma área total de 444.16 m².

fabricação do tijolo solo-cimento | imagem: sustentabilidade e acessibilidade

Para essa etapa da construção, serão necessários aproximadamente 30 mil tijolos de 25 x 12.5 x 6.25 cm, que consomem 60 m³ de terra em sua fabricação.
E mantendo-se esse volume de terra na obra, serão evitadas 10 viagens de caminhão.

tijolo solo-cimento | imagem: sustentabilidade e acessibilidade

Caso fossem utilizados os tijolos cerâmicos convencionais, 55 árvores teriam que ser queimadas para o seu cozimento.

Taí a principal vantagem do tijolo solo-cimento, que dispensa o processo de queima em sua fabricação, não causando impactos ao meio ambiente.

Fonte: Sustentabilidade e Acessibilidade

5 comentários em “Tijolo solo-cimento em GO

  1. Oi Karla,
    Muito interessante o uso do tijolo solo-cimento e as calculacoes no post.
    Karla, como você sabe, eu não sei sobre construção no Brasil e por isso gostaria de fazer umas perguntas. O uso do tijolo solo-cimento vai ser usado de uma forma estrutural ou vai ser usado no revestimento das paredes exteriores?
    Se for usado de uma forma estrutural, não vai ter que obedecer a códigos ou regras e ser testado regularmente por deficiências?
    Obrigado Karka… e boa sorte no Projecto. Gostei da escolha do Material 🙂

    1. Olá Louie,

      Eu achava que esse material só poderia ser usado em paredes de vedação, mas encontrei empresas que afirmam utilizar os tijolos solo-cimento também estruturalmente.
      Já entrei em contato com eles de modo a já esclarecer nossas dúvidas e assim que tiver uma resposta eu aviso você!

      Até mais,
      Karla.

  2. Louie, olá.
    Sou aluno do ultimo ano de Engenharia Civil e estou trabalhando em uma tese de aplicação de Tijolos de Solo-Cimento em Alvenaria Estrutural. Vc poderia me informar mais detalhes da obra em que vc aplicou este tipo de construção e os resultados obtidos?
    Atenciosamente
    Daniel

  3. Olá Daniel,

    Eu utilizei os tijolos SOMENTE como vedação do ginásio; cada vão entre pilares (de concreto armado) tem 4,70 de largura com a parede subindo até 4,90 de altura; foram 20 paredes destas. Preenchi de concreto (com vergalhão preso na viga baldrame) dois buracos de cada vão, fazendo-os de “pilares” intermediários. Como a parede é alta, fiz uma viga de concreto armado no meio (altura 2,40m).

    Em maio/2011 irei iniciar a fabricação de mais 44.000 para o resto da obra, que finalmente será finalizada.

Deixe uma resposta