Descaso com a coleta seletiva

Dá pra acreditar que aproximadamente 35% da coleta seletiva de lixo de São Paulo não é reaproveitada e vai parar no aterro sanitário, misturado ao lixo comum?

São basicamente duas situações que geram esse grave problema, a primeira causada pelo excesso de compactação dos caminhões de lixo, que acabam quebrando vidros e fundindo plásticos, impossibilitando a separação.

O outro fator que compromete a coleta seletiva de lixo em São Paulo é o desperdício.
Pouco mais da metade dos moradores de São Paulo têm coleta seletiva na porta de casa, os demais, cerca de 5 milhões de pessoas, precisam transportar o lixo até um posto de coleta.

Cerca de 10% dos condomínios residenciais e comerciais já fazem, por iniciativa própria, a separação do lixo reciclável, mas sem a participação efetiva do poder público ela continuará precária.

Nós fazemos a separação em casa, nem consigo imaginar outra alternativa, afinal, isso já deveria fazer parte da rotina de todos nós, mas confesso que é bem desanimador não ter a certeza de que todo o seu cuidado está mesmo valendo a pena.

Deixe uma resposta